quarta-feira, 23 de março de 2016

Falar em público: habilidade necessária ao sucesso!

Pense em desenvolver uma estratégia de comunicação que transmita as informações mais importantes de uma maneira facilmente assimilável pelas pessoas. Os líderes precisam saber falar em público, para conseguir melhores resultados.
A seguir algumas orientações para ter sucesso nesses momentos:
  •  Prepare-se para falar em público e certifique-se de ter todos os recursos necessários à mão. Sempre que possível, use imagens. Há casos em que uma imagem pode valer mais do que mil palavras.
  • Seja claro. Tenha certeza de dizer algo que não seja vago, ambíguo ou obscuro. 
  • Seja simples. Busque fazer com que as questões complicadas tenham as suas formas mais simples, porém sem banalizá-las. Procure evitar também o uso de linguagem técnica de difícil assimilação. 
  • Ponha entusiasmo em sua mensagem, coloque vida nela. Se a mensagem for bem humorada, excitante, desafiadora e alegre, a equipe sentirá mais vontade de realizá-la. 
  • Lembre-se que a boa comunicação não se faz somente com a palavra. Ela se faz também pelo olhar, pelo gesto e pela postura. Distribua o peso do corpo sobre as duas pernas, sem prender os gestos. 
  • Observe se o volume da voz está chegando ao fundo da sala, se todos estão ouvindo o que você está dizendo. Verifique se você está posicionado no melhor local e de maneira correta. 
  • Preocupe-se com o seu visual. Vista-se elegantemente e com conforto, porém da maneira mais discreta possível. É importante chamar a atenção para o que vai falar e não para si mesmo. 
  • Fale para um grupo de pessoas, como se estivesse falando com um grupo de amigos. Mantenha a naturalidade na voz, nos gestos, no olhar e em todo o corpo. 
  • Cada grupo possui um vocabulário próprio. Busque usar o vocabulário adequado à idade, cultura e outras características do grupo. Procure levar em conta para quem está falando, use uma linguagem que todos consigam entender. 
  • Seja natural. Saber falar em público não significa ser um grande orador. Procure ser somente você mesmo. 
  • Também nos comunicamos através de gestos, expressões do rosto, movimentos das mãos e posturas do nosso corpo. Cuide das expressões corporais. 
  • Ao final da apresentação, lembre-se de agradecer a atenção de todos.
Se você se preparou, não precisa se preocupar. São suficientes os primeiros 30 segundos para passar o nervosismo.
Uma coisa importante ao falar é a capacidade de se expressar: quando a comunicação é bem feita o grupo se sente motivado a participar. A voz deve ser clara e com um volume adequado ao ambiente e ao tamanho do grupo, sendo que a entonação deve ser dinâmica e, caso queira ressaltar algo, é conveniente aumentar seu volume.
É bom atentar para o fato de o grupo estar cansado ou desatento, deve-se variar a entonação; se você fala em um mesmo tom de voz, sua fala pode ficar monótona. Ser expressivo ajuda muito a captar a atenção dos ouvintes. Utilize recursos que possam atrair a atenção do grupo: como mover as mãos e braços, caminhar pela sala. É fundamental olhar, com a maior tranqüilidade que puder para todos os ouvintes, para cada pessoa que estiver presente, nunca olhar para um lado só, para evitar que alguém se sinta menosprezado e outro intimidado.

Sonia Jordão é especialista em liderança, palestrante e escritora, com centenas de artigos publicados.  Autora dos livros: “A Arte de Liderar” – Vivenciando mudanças num mundo globalizado, “E agora, Venceslau? – Como deixar de ser um líder explosivo”, “E agora, Lívia? – Desafios da liderança” e de “E agora, Alex? Liderança, talentos, resultados”. Co-autora dos livros “Ser + com T&D” e “Ser + com palestrantes campeões”.
         www.tecerlideranca.com.br