quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

O que te motiva no início do ano?

Dizem que quem inventou essa história de ano novo era um gênio, porque a cada ano temos a possibilidade de recomeçar, refazer nossas metas. Isso nos enche de esperança novamente. No início do ano é chegado o momento de agirmos, de novamente buscarmos nossa felicidade. Mesmo que algum de nossos sonhos não se realize é o fato de sonharmos que permite a concretização de nossos desejos. Contudo, não devemos ficar apenas no plano dos sonhos. Alguns homens sonham com realizações importantes, enquanto outros ficam acordados e as executam. A palavra chave é ação e para agirmos é preciso que estejamos motivados.
Motivação é o motivo para a ação, é a força e a energia interior de cada pessoa, que são despertadas sempre que precisamos satisfazer uma das nossas quatro necessidades básicas: viver, amar, aprender ou deixar um legado. Se alguém desejar ser bem sucedido no trabalho, essa será sua motivação e para alcançar o que deseja precisará ter em mente que terá que lutar, se aperfeiçoar e estudar. Melhorar continuamente.
Geralmente, a cada ano que se passa olhamos o que alcançamos e assumimos novas metas, pessoais e profissionais, para o ano que se inicia. Através desse processo conseguimos a automotivação, ou seja, o prazer de fazer; conseguimos ter uma nova postura diante da vida.
Imagine uma porção de carvão. Quando se coloca fogo ele inicia a combustão e libera energia. Se alguém joga água ele se apaga, mas a energia continua nele. Se alguém acende o fogo ele volta a irradiar energia. Assim é o ser humano: cheio de energia internamente. Quando encontramos um motivo somos capazes de liberar muita energia, nos motivarmos.
A motivação é fundamental para qualquer coisa que se faça na vida. Temos não só que gostar do que fazemos, mas também ver significado e acreditarmos que aquilo é importante. Para nos mantermos motivados temos que buscar novos desafios. Temos que transformar nossos sonhos em metas realistas e concentrarmos forças naquilo que nos realiza. É preciso, também, reunirmos três requisitos: acreditar, saber e fazer. Precisamos responder às seguintes perguntas: O que temos? O que queremos? O que podemos alcançar?
Corra riscos, vá em busca de seus sonhos. Se não der em nada você sempre terá a opção de voltar atrás. Porém, se você não fizer nada ficará sempre na dúvida se poderia ter sido diferente. Sofra por causa de algo que deu errado, nunca por ter deixado de fazê-lo.
Que este seja um ano que faça diferença em sua vida. Que você consiga comemorar como os vencedores, ao invés de ficar justificando tudo o que deu errado, como os perdedores.
Desejo a você um feliz ano novo! Com muita paz, saúde, amor e prosperidade!
 
Sonia Jordão é especialista em liderança, palestrante e escritora, com centenas de artigos publicados.  Autora dos livros: “A Arte de Liderar” – Vivenciando mudanças num mundo globalizado, “E agora, Venceslau? – Como deixar de ser um líder explosivo”, “E agora, Lívia? – Desafios da liderança” e de “E agora, Alex? Liderança, talentos, resultados”. Co-autora dos livros “Ser + com T&D” e “Ser + com palestrantes campeões”.
        www.tecerlideranca.com.br